MENU
Participe agora mesmo
Votações
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Construindo indulgência, principal motor de consumo em sorvetes

O mercado de sorvetes no Brasil possui elevada concorrência. De acordo com a ABIS (2020) existem no Brasil mais de 10 mil empresas ligadas ao setor de sorvetes e gelatos e que disputam entre si um market share inferior a 50%. Dados da Mintel apontam que as duas maiores empresas atuantes no país, possuem somadas um market share de 56,3% em volume de produção e de 62,3% em valor (MINTEL GROUP LTD, 2019).

Em um mercado tão competitivo, a diferenciação de produto se torna necessária. A indulgência é um atributo importante, que cada vez mais se consolida no mercado de gelados comestíveis. Em 2013 a Mintel já apontava a indulgência como potencializadora de compras, principalmente nas classes D e E, que passavam por um momento de ascensão econômica e aumento ao consumo de alimentos não-básicos (MINTEL GROUP LTD, 2013).

Em pesquisa realizada em 2018 com mais de 1000 consumidores de sorvetes em todo o Brasil, ficou evidente a busca por indulgência em sorvetes. Quando questionados “Por quais motivos compram sorvetes?”, 47% assinalaram “Para fazer um agrado a mim mesmo”, 44% “Para satisfazer minha vontade de comer doces” e 44% “Para comer uma sobremesa após as refeições” (MINTEL GROUP LTD, 2018).

Indulgência é um termo muito utilizado, porém pouco esclarecido. Literalmente, seu significado é relacionado ao perdão de erros e abstenção da culpa. Porém, no setor alimentício, vem sendo utilizado com a intenção de indicar o prazer nas refeições, a momentos onde o consumidor reage não devido a sua razão, mas sim por questões emocionais e sentimentais, buscando bem-estar e satisfação momentânea (SEBRAE, 2017).

Produtos de confeitaria, como os chocolates e derivados, possuem uma relação extremamente atrelada à indulgência. A expressiva importância dos chocolates é demonstrada no relatório “Brasil Bakery & Confectionery Trends 2020”, onde a produção nacional de chocolates e derivados em 2011 foi de 710 mil toneladas enquanto todos os outros itens de confeitaria somados resultaram numa produção de 510 mil toneladas (QUEIROZ et al, 2014), demonstrando a preferência nacional por este tipo de produto.

Um dos motivos pelo chocolate ser quase uma unanimidade no Brasil e no mundo é a associação de seu consumo ao bem-estar emocional. O cacau, matéria prima do chocolate, é um alimento rico em triptofano, aminoácido necessário para o metabolismo da serotonina (neurotransmissor relacionado ao humor e bem-estar), conhecida como hormônio da felicidade. Deste modo, consumir produtos com alto teor de cacau potencializa o sentimento de bem-estar e felicidade (LOMA L, 2018).

A crocância é um atributo que pode ter um grande apelo e êxito em indulgência. Sons afetam a maneira como percebemos os alimentos enquanto os consumimos. O som produzido durante a mastigação leva nossa atenção para o que estamos consumindo, aumentando a concentração e a percepção sensorial. Quanto maior o som, maior esta experiência. Além disso, alimentos mais “barulhentos” são relacionados à alimentos frescos e com maior conteúdo de gordura, algo apreciado pelo cérebro humano (ROSSEN, 2018).

Em tempo de isolamento social, a busca por produtos indulgentes tem aumentado ainda mais. Em pesquisa realizada pela Mintel, 18% dos brasileiros estão consumindo alimentos e bebidas mais indulgentes para lidar com a ansiedade durante a pandemia de COVID-19, por serem produtos que afetam o bem-estar e trazem momentos prazerosos durante o período de reclusão (MINTEL GROUP LTD, 2020).

O sorvete já é considerado um produto indulgente, porém em um mercado tão competitivo, um incremento na indulgência pode ser decisivo na escolha entre uma marca e outra. Adicionar texturas, agregar recheios e coberturas, utilizar sabores mais indulgentes podem ser bons potencializadores de vendas.

A Alibra Ingredientes possui em seu portfólio uma gama de produtos que podem ser utilizados para ampliar positivamente a experiência sensorial com sorvetes, dentre os quais destacam-se saborizantes em pó, recheios não congeláveis, recheios trufados e as coberturas crocantes chocoskimo.

As coberturas Multmix ChocoSkimo Alibra agregam chocolate e crocância ao sorvete, incrementando indulgência e valor ao produto. Além da utilização como coberturas e recheio de picolés, podem ser aplicadas para adicionar textura ao sorvete de pote tradicional.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABIS. O setor de Sorvetes. Disponível em: [http://abis.com.br/mercado/]. Acessado em: 26 de junho de 2020.

LOMA, L. New studiesshow dark chocolate consumption reduces stress and inflammation, while improving memory, immunity and mood. 2018. Disponível em: [https://www.sciencedaily.com/releases/2018/04/180424133628.htm]. Acessado em: 26 de junho de 2020.

MINTEL GROUP LTD (Reino unido). Ice cream Market sizes – Brazil – 2019. Londres: Mintel Group Ltd, 2019

MINTEL GROUP LTD (Reino unido). Sorvetes Brasil, janeiro 2013. Londres: Mintel Group Ltd, 2013

MINTEL GROUP LTD (Reino unido). Sorvetes Brasil, abril 2018. Londres: Mintel Group Ltd, 2018

MINTEL GROUP LTD (Reino unido). Sorvetes: Incluindo impacto da covid-19. Brasil, abri 2020. Londres: Mintel Group Ltd, 2020

QUEIROZ, G. C.; REGO, R. A.; JARDIM, D. C. P. (Ed.). Brasil Bakery & Confectionery Trends 2020. São Paulo: ITAL, 2014.

SEBRAE. Os aspectos da indulgência no consumo de panificados e confeitaria. 2017

ROSSEN, J. The Science behind why we crave loud and crunchy food. Fev, 2018. Disponível em: [https://www.mentalfloss.com/article/531186/science-behind-why-we-crave-loud-and-crunchy-foods#:~:text=But%20a%20crunch%20will%20draw,ll%20retain%20their%20flavor%20longer.]. Acessado em: 29 de junho de 2020.




Envie uma notícia



Telefone:

11 5524-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001