Espanhol Português Inglês
Novidade - Cotação Online
GUIA ONLINE
DE FORNECEDORES
Fabricantes Distribuidores Empresas
Busca Geral
Participe agora mesmo
CADASTRE-SE AGORA MESMO!


Voltar

Nestlé registra crescimento orgânico de 3,4% no 1T19

A Nestlé divulgou os resultados de seu balanço referente ao primeiro trimestre do ano. Segundo a empresa, o crescimento orgânico da Nestlé foi de 3,4%, com forte crescimento real (RIG) de 2,2%. A variação de preços aumentou 1,2%, com melhoria significativa no Brasil e nos Estados Unidos.

As vendas totais cresceram 4,3% para 22,2 bilhões de francos suíços (3M-2018: 21,3 bilhões de francos suíços). As aquisições líquidas tiveram impacto positivo de 1,2% e o câmbio reduziu as vendas em 0,3%.

A gestão de portfólio continua progredindo como planejado. As revisões estratégicas da Nestlé Skin Health e da Herta Charcuterie (frios e produtos à base de carne) deverão ser concluídas até meados e final de 2019, respectivamente.

Perspectiva para 2019 confirmada, com melhoria contínua no crescimento das vendas orgânicas e margem de lucro operacional subjacente de acordo com nossas metas de 2020. Espera-se aumento do lucro subjacente por ação nas moedas constantes e da eficiência de capital.

Mark Schneider, CEO da Nestlé:"Estamos satisfeitos com o sólido crescimento das vendas orgânicas da Nestlé no primeiro trimestre, com base no impulso obtido em 2018. Nossa maior agilidade, inovação para um mundo em constante mudança e foco na execução estão compensando. Confirmamos nossa perspectiva para o ano".

"Neste trimestre, anunciamos o lançamento de uma nova linha de 24 produtos de café premium sob a marca Starbucks. As equipes da Nestlé e da Starbucks fizeram um trabalho excelente e desenvolveram esses produtos em apenas 6 meses". E acrescentou: "A noção de negócio como uma força para o bem tem ressonância muito significativa na Nestlé. A partir deste relatório, vamos destacar trimestralmente como a Nestlé cria valor compartilhado. Começaremos mostrando como a Nespresso cumpre seu compromisso com a qualidade e a sustentabilidade".

crescimento orgânico atingiu 3,4% no primeiro trimestre. O crescimento real de 2,2% foi resiliente. A variação de preços cresceu 1,2%, refletindo principalmente os aumentos no Brasil e nos Estados Unidos. O crescimento orgânico foi de 3,2% excluindo os negócios sob revisão estratégica. A aceleração do crescimento foi amplamente sustentada pelo Brasil, nosso quarto maior mercado. Os Estados Unidos e a China, os dois principais mercados da Nestlé, mantiveram bom impulso. Todas as categorias de produtos apresentaram crescimento positivo. As categorias que mais contribuíram para o crescimento foram Purina petcare, produtos lácteos e nutrição infantil. O crescimento orgânico do Grupo foi de 1,2% nos mercados desenvolvidos e 6,3% nos mercados emergentes.

As aquisições líquidas aumentaram as vendas em 1,2%. A aquisição da licença da Starbucks, a Atrium Innovations e outras transações compensaram amplamente os desinvestimentos, principalmente da Gerber Life Insurance e do negócio de confeitos nos EUA. O câmbio teve um impacto negativo de 0,3%. As vendas totais cresceram 4,3% para 22,2 bilhões de francos suíços.

Zona Américas (AMS)

3,4% de crescimento orgânico: 0,9% de RIG; 2,5% de variação de preços.

A América do Norte registrou crescimento orgânico positivo, com RIG e variação de preços positivos.

A América Latina registrou crescimento orgânico de meio dígito, com RIG e variação de preços positivos.

O crescimento orgânico acelerou 3,4%, com crescimento real resiliente de 0,9% e uma contribuição significativa de 2,5% da variação de preços. As aquisições líquidas aumentaram as vendas em 6,0%, relacionadas, em grande parte, com aquisição da Starbucks. O câmbio contribuiu com 1,7% para as vendas, que aumentaram 11,1% para 7,5 bilhões de francos suíços na Zona AMS.

As vendas tiveram bom desenvolvimento na América do Norte no primeiro trimestre. A variação de preços aumentou, refletindo a inflação dos custos. O segmento que mais contribuiu para o crescimento foi Purina petcare, que apresentou forte impulso no comércio eletrônico e nas marcas premium, como Purina ONE e areia higiênica Tidy Cats para gatos. A América do Norte registrou crescimento de meio dígito na Nestlé Professional e na categoria de bebidas, incluindo os creamers da Coffee-mate, Starbucks e Nescafé. Os alimentos congelados voltaram a apresentar crescimento positivo, liderados pelas marcas Hot Pockets e Stouffer.

A América Latina registrou crescimento de meio dígito, com contribuições positivas na maioria dos mercados e categorias. O Brasil apresentou crescimento de dois dígitos, sustentado tanto pela variação de preços positiva como pelo crescimento real. O México teve crescimento de meio dígito, e a forte demanda pelo Nescafé Origens ajudou a manter o bom impulso no segmento de cafés. A América Latina registrou crescimento alto de um dígito nas categorias de produtos lácteos, confeitos e Purina petcare.

Zona Europa, Oriente Médio e Norte da África (EMENA)

Crescimento orgânico de 2,1%: 3,1% de RIG; -1,0% de variação de preços.

A Europa Ocidental divulgou forte crescimento real. O crescimento orgânico foi impactado pela variação de preços negativa.

A Europa Central e Oriental registraram crescimento orgânico de meio dígito, com forte crescimento real e variação de preços positiva.

O Oriente Médio e o Norte da África registraram crescimento orgânico de meio dígito, com forte crescimento real e variação de preços positiva.

O crescimento orgânico foi de 2,1%, com forte crescimento real de 3,1%. A variação de preços caiu 1,0%, devido à persistência das tendências deflacionárias na Europa Ocidental. As aquisições líquidas não tiveram impacto nas vendas. O câmbio impactou negativamente as vendas em 2,8%. As vendas na Zona EMENA declinaram 0,7% para 4,7 bilhões de francos suíços.

A Zona EMENA divulgou forte crescimento real, apesar do ambiente de baixo crescimento na Europa Ocidental. As categorias Purina petcare e nutrição infantil foram as que mais contribuíram para o crescimento em toda a Zona, especialmente na Europa Central e Oriental, e no Oriente Médio e Norte da África. Café apresentou crescimento real estável com variação de preços negativa resultante da queda nos preços do café verde. Confeitos registrou um bom trimestre, com crescimento de dois dígitos para a KitKat e uma forte demanda pela recém-lançada barra de frutas e cereais Yes!. As marcas de pizzas congeladas Wagner e Buitoni apresentaram crescimento positivo, e os produtos vegetarianos tiveram bom crescimento de um dígito.

Zona Ásia, Oceania e África Subsaariana (AOA)

3,3% de crescimento orgânico: 2,3% de RIG; 1,0% de variação de preços.

A China manteve crescimento orgânico de meio dígito, com crescimento real e variação de preços positivos.

O Sudeste Asiático registrou crescimento orgânico de meio dígito, sustentado por forte crescimento real e variação de preços positiva.

O Sul da Ásia apresentou baixo crescimento orgânico de um dígito, com contribuição equilibrada de crescimento real e variação de preços.

A África Subsaariana registrou crescimento orgânico de meio dígito, com crescimento real e variação de preços positivos.

O Japão e a Oceania registraram crescimento orgânico negativo, já que tanto o crescimento real como a variação de preços declinaram.

O crescimento orgânico foi de 3,3%, com crescimento de 2,3% e variação de preços de 1,0%. As aquisições líquidas e o câmbio reduziram as vendas em 0,2% e 1,2%, respectivamente. As vendas na Zona AOA aumentaram 1,9% para 5,4 bilhões de francos suíços.

A Zona AOA apresentou crescimento sólido no primeiro trimestre, com ligeira desaceleração devido ao Japão e Oceania. A China manteve crescimento de meio dígito, com fortes contribuições da gama de produtos orgânicos de nutrição infantil Illuma, do café Nescafé pronto para beber e dos produtos culinários, especialmente Totole. De uma forma geral, o Sudeste Asiático registrou forte crescimento, com crescimento de dois dígitos na Indonésia e no Vietnã, especialmente com Bear Brand, NAN e Nescafé. O Sul da Ásia registrou baixo crescimento de um dígito. NAN em nutrição infantil, Maggi em produtos culinários e KitKat em confeitos apresentaram forte crescimento, parcialmente contrabalançado pelo desenvolvimento negativo das vendas de produtos lácteos. A África Subsaariana registrou crescimento de meio dígito. O Japão apresentou crescimento real negativo devido a comparáveis desfavoráveis, e estabilidade na categoria de cafés. A Oceania teve crescimento real positivo e variação de preços negativa em um ambiente deflacionário. Purina petcare registrou forte crescimento na Zona.

Nestlé Waters

Crescimento orgânico de 2,0%: -2,3% RIG; 4,3% de variação de preços.

A América do Norte registrou crescimento orgânico positivo, já que a forte variação de preços contrabalançou parcialmente o crescimento real negativo.

A Europa apresentou crescimento orgânico ligeiramente negativo. A variação de preços positiva foi contrabalançada pelo crescimento real negativo.

Os mercados emergentes registraram crescimento orgânico de um dígito, com forte variação de preços e crescimento real positivo.

O crescimento orgânico foi de 2,0%. A variação de preços aumentou 4,3%, o crescimento real caiu 2,3%. As aquisições líquidas reduziram as vendas em 0,5%. O câmbio aumentou as vendas em 0,9%. As vendas registradas na Nestlé Waters aumentaram 2,4% para 1,8 bilhão de francos suíços.

Na América do Norte, o crescimento foi sustentado pelos aumentos de preços de 2018, refletindo a significativa inflação de custos em embalagens e distribuição. Nossas marcas premium, S.Pellegrino, Perrier e Acqua Panna, apresentaram forte crescimento, com demanda especialmente forte para a recém-lançada S.Pellegrino Essenza. Poland Spring e Zephyrhills deram boas contribuições para o crescimento. O negócio de vendas diretas para o consumidor ReadyRefresh cresceu a uma taxa de meio dígito. Nossa principal marca, Nestlé Pure Life, apresentou crescimento negativo.

Os mercados emergentes tiveram bom impulso de crescimento de um dígito. O desenvolvimento das vendas na Europa foi ligeiramente negativo, impactado pelo Reino Unido e pela Alemanha.

No geral, as marcas internacionais premium apresentaram bom crescimento de um dígito, sustentado por um forte fluxo de inovações.

Outros Negócios

Crescimento orgânico de 6,8%: 6,5% de RIG; 0,3% de variação de preços.

Nespresso registrou crescimento orgânico de meio dígito, com impulso muito forte na Zona Américas.
Nestlé Health Science teve crescimento orgânico de meio dígito, devido exclusivamente ao crescimento real.
Nestlé Skin Health apresentou crescimento orgânico de dois dígitos, com forte crescimento real e variação de preços ligeiramente negativa.

O crescimento orgânico de 6,8% foi impulsionado pelo forte crescimento real de 6,5% e variação de preços de 0,3%. As aquisições líquidas reduziram as vendas em 4,3%, principalmente devido à alienação da Gerber Life Insurance, que compensou amplamente a consolidação da Atrium Innovations na Nestlé Health Science. O câmbio impactou negativamente as vendas em 0,4%. As vendas em Outros Negócios aumentaram 2,1% para 2,8 bilhões de francos suíços.

A Nespresso manteve crescimento orgânico de meio dígito. A América do Norte e os mercados emergentes apresentaram crescimento de dois dígitos, enquanto as vendas na Europa ficaram estáveis. O crescimento continuou a ser sustentado pelo sistema Vertuo. Nestlé Health Science cresceu a uma taxa de meio dígito, com crescimento de dois dígitos em nutrição médica e expansão geográfica nos mercados emergentes. A inovação proporcionou um impulso adicional de crescimento, com forte demanda por Compleat Organic Blends, a única fórmula realmente orgânica de alimentação parenteral. Nestlé Skin Health apresentou crescimento de dois dígitos.




Envie uma notícia



Telefone:

11 5524-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001