MENU
Participe agora mesmo
Votações
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Peptídeos bioativos de colágeno PEPTAN® na nutrição esportiva

Razões para a suplementação proteica para praticantes de exercícios físicos

Para a assegurar a mobilidade em qualquer idade, no envelhecimento e as práticas de exercícios físicos é preciso: manutenção e recuperação dos músculos, ossos fortes e saudáveis, cartilagens, tendões e ligamentos íntegros.

Para todos os requisitos acima é necessário o consumo adequado de proteínas, o que para adultos jovens deve ser de 1,0g de proteína/kg de massa (peso) corporal por dia. Para praticantes de atividades física intensas, esse consumo deve ser aumentado para 1,5-2,0g de proteína/kg de massa (peso) corporal por dia, conforme recomendado pelos especialistas da ISSN (International Society for Sports Nutrition(4). Isso significa que um esportista com massa (peso) de 70 kg deve consumir entre 105g a 140g de proteínas por dia.

Entre os alimentos ricos em proteína estão leite e derivados, carnes, de preferência as magras, como filé de frango e filé de peixe, ovos, feijão e cereais como milho e soja. No entanto, muitas vezes, os indivíduos não conseguem obter as proteínas necessárias nas quantidades indicadas acima, somente com a alimentação. Nestes casos, a suplementação com proteínas na dieta se faz necessária.

Os peptídeos de colágeno são uma destas fontes de proteínas e a de primeira escolha para cuidar do sistema músculo esquelético, pois há estudos científicos que evidenciam os benefícios de seu consumo para a recuperação muscular, saúde de ossos e articulações.

Os peptídeos bioativos de colágeno Peptan® são obtidos da hidrólise enzimática da gelatina extraída da pele de animais, onde há quebra das cadeias proteicas da mesma, levando a um produto com tamanho de molécula menor e, portanto, mais facilmente digerido, absorvido e aproveitado pelo organismo. Por ser extraído da pele de animais, esses peptídeos são do tipo 1.

Biodisponibilidade dos peptídeos bioativos de colágeno Peptan®

Peptan® possui alta biodisponibilidade, após ser ingerido, passa pelo processo digestivo e é absorvido no intestino delgado, chegando à corrente sanguínea na forma de di-peptídeos, tais como PRO-HYP e HYP-GLI (prolina-hidroxiprolina e hidroxiprolina-glicina), conforme comprovado em estudo científico recentemente publicado(5). Esses peptídeos chegam aos tecidos alvo através da corrente sanguínea e exercem os benefícios à saúde dos ossos, articulações e fáscia dos músculos, demonstrados por estudos científicos realizados com o produto, que serão discutidos a seguir.

Recuperação muscular após exercícios, resistência, ganho de massa magra

Recuperação é um dos principais segmentos da Nutrição Esportiva ao lado dos exercícios para resistência (endurance) e ganho de massa muscular e força.

Os peptídeos bioativos de colágeno Peptan® exercem importante papel na recuperação muscular, através da via de ação na fáscia que recobre as fibras musculares, conforme descrito a seguir.

O colágeno é a proteína mais abundante da fina camada de matriz extracelular muscular (fáscia), a qual envolve e agrupa as fibras musculares para formar um músculo funcional. As células musculares individuais (miofibrilas) produzem o movimento real e a matriz extracelular muscular é crucial para a transmissão de força por toda a fibra muscular durante a contração e por fornecer estrutura.

A suplementação com peptídeos de colágeno é importante para manter a estrutura da matriz extracelular que protege as células musculares e também para ajudar em sua recuperação após o exercício físico, o que possibilita a prática dos exercícios de forma contínua. Estudo recentemente publicado, demonstrou que o consumo de 20g por dia de Peptan®, dividido em duas porções, ajudou a acelerar a recuperação do músculo após danos causados por exercícios intensos, além de reduzir a dor após estes exercícios(6), permitindo que a prática de exercícios seja contínua e aumentando a aderência ao plano.

Os esportes de resistência e a construção muscular são outras categorias importantes na nutrição esportiva e que podem ocasionar danos musculares. Portanto, sempre há uma necessidade de recuperação do músculo para a retomada destas atividades.

Essa relação faz dos peptídeos bioativos de colágeno Peptan® o complemento perfeito para formulações direcionadas às categorias de construção muscular e esportes de resistência.

Manutenção de massa magra

Estima-se que há perda de 1% de massa muscular por ano após os 30 anos, o que pode ocasionar a sarcopenia, síndrome caracterizada pela perda de massa muscular durante o envelhecimento. A sarcopenia pode gerar fragilidade e comprometimento dos movimentos.

Para preveni-la, é necessário o consumo adequado de proteínas e prática de exercícios físicos. A Organização Mundial de Sarcopenia preconiza o consumo de 1,0-1,5g(7) de proteínas/kg de massa (peso) corporal/dia para idosos. Os peptídeos de colágeno fornecem 16% de aminoácidos essenciais, além de outros aminoácidos que participam da síntese de mais proteínas em nosso corpo, incluindo os músculos.

Ossos fortes e saudáveis

Para ossos fortes e saudáveis é necessário prevenir a osteoporose que se caracteriza pela perda de massa óssea com o envelhecimento, sendo mais pronunciadas nas mulheres, após menopausa. Essa perda leva a uma condição de ossos mais frágeis, podendo levar a quebras, quedas e inaptidão aos exercícios físicos.

Diversos estudos associam a suplementação com peptídeos de colágeno para fins de saúde óssea. Os ossos são formados por uma parte inorgânica composta em sua maioria pelo cálcio e por uma parte orgânica, composta 90% por colágeno. Daí a importância deste nutriente para os ossos.

Há redução da produção de colágeno em nosso organismo a partir dos 25 anos de idade, portanto, a suplementação com essa proteína na dieta, ajuda as células dos ossos a produzirem mais colágeno para o sistema esquelético, mantendo a densidade mineral óssea e aumentando a força dos ossos(8), além de estimular as células produtoras da matriz óssea(9). conforme evidenciado em estudos realizados com os peptídeos bioativos de colágeno Peptan®.

Cartilagem íntegra

A osteoartrite é uma doença que acomete as articulações, afeta a área da cartilagem e gera inflamação da membrana sinovial. Essa condição leva a muita dor, rigidez, podendo chegar ao bloqueio total do movimento, o que compromete a mobilidade, independência e aderência à prática de exercícios.

A cartilagem é constituída por colágeno tipo II e proteoglicanos. Um estudo realizado com mulheres com osteoartrite leve no joelho, demonstrou que o consumo de peptídeos de colágeno tipo I, Peptan®, 8g/dia, reduziu os efeitos e dores causadas pela osteoartrite(10). Além disso, estudo realizado com animais induzidos à osteoartrite demonstrou que Peptan® protege a cartilagem, estimula as células das articulações a produzirem mais desta proteína e também, reduz a inflamação causada pela osteoartrite(11). Além disso, em estudo similar realizado com o consumo da matriz de colágeno hidrolisado do tipo II, extraído de cartilagem suína, e contendo naturalmente sulfato de condroitina e ácido hialurônico, o Peptan® IIm, esses efeitos foram ainda mais rápidos, com uma dose menor de consumo, apenas 1g por dia(12).

Condição geral de mobilidade e saúde

As citações sobre peptídeos de colágeno para prevenção de doenças relativas à mobilidade são recorrentes, o que o torna uma das proteínas de primeira escolha para a manutenção da mobilidade e à aderência à prática de exercícios físicos em qualquer idade.

O hábito de consumi-lo diariamente, 10g/dia, a partir dos 25 anos, levará a condição de vida saudável agora e durante o envelhecimento, do ponto de vista da mobilidade, liberdade, independência de movimentos e prática de esportes.

Além disso, considerando que a prática de atividades físicas é importante para o bom funcionamento do sistema imunológico, identifica-se uma relação indireta do consumo de peptídeos de colágeno à manutenção da imunidade, pois o mesmo contribui à aderência a um plano de atividades físicas contínuo, o que por sua vez dá suporte ao sistema imunológico e condições de bem-estar dos indivíduos.

Aplicações

Os peptídeos de colágeno bioativos Peptan® são facilmente integrados na alimentação diária, podendo ser dissolvido em água, sucos, iogurtes e sopas. Têm excelente solubilidade, odor e sabor neutros. Permitem vários tipos de aplicações para o segmento de nutrição esportiva, tais como: bebidas de colágeno em pó, misturas proteicas em pó, bebidas prontas para o consumo, barras proteicas e géis.

Benefícios para bebidas de colágeno em pó e misturas proteicas em pó: os peptídeos de colágeno conferem odor e sabor neutro, alta solubilidade e transparência superior, quando comparados com outras proteínas.

Benefícios em barras proteicas: peptídeos de colágeno adicionam benefícios à fabricação de barras quando comparados com outros ingredientes, aplicados na dose de até 30% do total da formulação. Os peptídeos de colágeno melhoram a estrutura da barra e a sensação e o mouthfeel do produto.

Bebidas prontas para o consumo: peptídeos de colágeno Peptan® conferem sabor neutro, transparência e não espessam.

Cápsulas duras e cápsulas moles de gelatinas: formas de aplicações ideais para o Peptan IIm, entregando a dose diária de 1g.

Cadeia de produção e suprimentos de Peptan®

A Rousselot, produz os peptídeos bioativos de colágeno Peptan® em sua planta localizada em Amparo, São Paulo, Brasil e o distribui no país, América Latina e para diversos países do mundo.

*Ana Cristina Corrêa de Faria, Gerente de Desenvolvimento de Negócios Health & Nutrition.

Rousselot Gelatinas do Brasil Ltda.

rousselot.com/pt

peptan.com




Galeria de Imagens:



Envie um artigo



Telefone:

11 5524-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001