Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
MÍDIA KIT 2021
Download
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Confeitaria vegana ganha velocidade

No mercado de confeitaria, produtos cada vez mais sem leite e sem gelatina estão chegando às prateleiras, atendendo as demandas de consumidores preocupados com a saúde que ainda querem se entregar a indulgências doces. Conforme destacado em um novo relatório da Innova Market Insights, o espaço de confeitaria à base de plantas está crescendo.

Enquanto os lançamentos de confeitos totais aumentaram a um CAGR de menos de 2% entre 2016 e 2020, as introduções de alegações veganas aumentaram 17%. Mais dinâmicos ainda foram os lançamentos de confeitos sob a bandeira “à base de plantas”, com lançamentos mais do que dobrando somente em 2020.

Embora as alegações veganas já tenham sido predominantemente usadas como alegações secundárias ou terciárias combinadas com outras posições "livres de", orgânicas ou de saúde, agora estão ganhando destaque como foco principal.

De acordo com a Veganuary, organização do Reino Unido que incentiva os consumidores a se tornarem veganos no mês de janeiro, grandes marcas também estão revelando os seus lançamentos veganos.

Alguns produtores de confeitaria estão adotando dicas de formulação e comercialização das categorias de lácteos e alternativas de carne já estabelecidas. Por exemplo, no chocolate à base de plantas, alguns dos produtos mais novos usam termos como “mylk” ou “m! Lk” para refletir as suas receitas sem lácteos, enquanto outros incorporam leite de nozes ou aveia como ingredientes. Já em confeitos de açúcar sem gelatina, a terminologia “vegetariana” está sendo usada em algumas ocasiões.

Os lançamentos de produtos vegetais e veganos aumentaram significativamente em todas as categorias de doces, acompanhando a crescente demanda do consumidor por produtos saudáveis e indulgentes.

Marcas icônicas, como Magnum e Galaxy, introduziram novos produtos à base de plantas com foco na indulgência, promovendo a categoria de nicho a tendência principal.

Em agosto passado, a chocolatier Lindt lançou uma linha de chocolates veganos feitos com leite de aveia, como parte da linha HELLO da empresa suíça de chocolate e confeitaria, com a promessa de ser “vegano e requintado”.

Em setembro passado, a britânica Love Cocoa lançou o seu mais recente empreendimento: a primeira linha de chocolate com leite de aveia do Reino Unido. Motivada por sua própria jornada sem lácteos, criou um chocolate cremoso à base de plantas usando uma “receita secreta” que utiliza técnicas de produção completamente diferentes.

Em fevereiro de 2020, a Barry Callebaut lançou um chocolate ao leite 100% livre de leite, chamado "M_lk Chocolate", como parte da sua linha Plant Craft, um portfólio mais amplo de produtos que vão desde chocolate, cacau, nozes e recheios até decorações. O produto foi desenvolvido para satisfazer a crescente demanda por indulgência à base de plantas, particularmente entre Millennials e Geração Z.

Fonte: Food Ingredients First




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001