Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
Participe agora mesmo
Votações
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

IFF mostra porque as enzimas podem impulsionar os setores de panificação

Em um webinar realizado na última semana, a IFF discutiu as principais razões pelas quais as enzimas podem impulsionar os setores de panificação. A empresa, que recentemente se fundiu com a DuPont Nutrition & Biosciences, acredita que as enzimas podem transformar os negócios de panificação, agora mais do que nunca.

Durante o webinar, um painel de especialistas da IFF discutiu porque as enzimas deveriam ancorar a estratégia de formulação em panificação, particularmente aquelas onde uma abordagem amigável ao rótulo é uma prioridade.

De acordo com Janelle Crawford, MBA, responsável pelo desenvolvimento e implementação da estratégia de marketing, pesquisa, lançamento de produtos e iniciativas voltadas para o cliente da IFF para os portfólios de culturas e enzimas alimentares na América do Norte, as enzimas têm uma percepção positiva entre os consumidores e isso é algo cada vez mais crítico para o mercado de hoje. “Quando o mercado não está informado sobre como uma enzima aparece em um rótulo, você pode remover o medo da reação do consumidor. E isso vem do fato de que as enzimas já estão presentes em todos os seres vivos. Essa familiaridade contribui para a percepção das enzimas como amigáveis aos rótulos, e elas também têm um papel nas histórias de sustentabilidade das empresas. As enzimas estão envolvidas em nossa digestão, metabolismo, produção de hormônio respiratório, reparo e desintoxicação celular, entre outros, o que significa que são cruciais para a vida cotidiana”, afirma.

Segundo Crawford, as enzimas são consideradas auxiliares de processamento e não ingredientes. “Também têm diferentes funções específicas e relevantes durante o processamento. Pois a qualidade do produto acabado, graças a evolução da tecnologia de enzimas ao longo do tempo, agora pode atender ou superar a qualidade anteriormente entregue em produtos com soluções tradicionais”, explica.

As enzimas já estão presentes em muitas formulações de panificação e vêm de muitas fontes diferentes. “Por exemplo, uma variedade de enzimas estão presentes na farinha, incluindo a protease e a amilase invertase, que podem ser encontradas na levedura para as enzimas que são inerentes aos nossos produtos de panificação, quer adicionemos outras à formulação ou não”, observa Crawford.

Nas últimas semanas, a empresa tem estado cada vez mais ativa no segmento de enzimas. No mês passado, a IFF lançou seu mais recente fortalecedor de massa EnoveraTM 3001 para o mercado norte-americano. A empresa também lançou recentemente uma linha de enzimas de panificação para o mercado chinês.

Fonte: Food Ingredients First




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001