Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
MÍDIA KIT 2021
Download
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

IFF pretende se desfazer de negócios de controle microbiano e processamento de frutas

Agora que a IFF se tornou uma nova mega força na indústria de ingredientes, um relatório de desinvestimentos rápidos não é inesperado. Na verdade, os líderes da empresa têm dito que os desinvestimentos estão chegando e fariam parte da estratégia financeira de longo prazo da IFF, por vários meses.

Embora a IFF se autointitule como uma solução completa para clientes que desejam melhorar os seus produtos, alguns dos seus negócios não apoiam esse objetivo. "Certamente queremos ter certeza de colocar nossos recursos em partes do portfólio que têm grande potencial de crescimento e boa lucratividade", disse o CEO da IFF, Andreas Fibig.

O negócio de controles microbianos, avaliado em US$ 1 bilhão a US$ 1,5 bilhão, era uma unidade que fazia parte da DuPont; a unidade fabrica produtos químicos antimicrobianos usados principalmente em aplicações industriais, incluindo a indústria de petróleo e gás, tratamento de água, construção e em tintas e revestimentos. Considerando o foco da IFF em sabor, fragrância e textura em alimentos, perfumes e cuidados domésticos, o negócio não se encaixa.

Embora a IFF seja maior agora, o negócio de processamento de frutas, com sede na Europa, que pode render cerca de US$ 200 milhões a US$ 300 milhões, e que havia sido anteriormente alienado pela IFF e voltou a trabalhar como parte da aquisição da Frutarom, em 2018, ainda não se encaixa em seu modelo de negócios atual, mais focado no setor de ingredientes do que no setor de alimentos como um todo.

As empresas estão usando desinvestimentos para focar mais de perto suas missões, muitas vezes vendendo para negociantes de private equity ou commodities, que podem ajudar a desenvolver os negócios por conta própria.

A IFF não apenas deseja ser capaz de avançar como uma nova empresa simplificada, mas também reduzir o seu endividamento. Em seu relatório de ganhos mais recente, que cobre o trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2020, a IFF tinha quase US$ 3,8 bilhões em dívidas de longo prazo e quase US$ 1,5 bilhão em passivos não circulantes. A fusão com a divisão da DuPont aumentou essa carga de dívida. De acordo com Fibig, o pagamento da dívida é a principal prioridade da empresa e os recursos dos desinvestimentos podem ajudar a fazer isso mais rápido.

Fonte: Food Dive




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001